Festival de Outono 2019

68661076_2382924618450447_2667903735744692224_n.jpg

Festival de Outono 2019


A 10ª edição do Festival de Outono da Universidade do Minho realiza-se de 19 a 21 de setembro, em Braga e Guimarães, tendo 15 atividades culturais e entrada livre. A iniciativa da Reitoria da UMinho, da Associação Académica e da Rádio Universitária do Minho (RUM) visa promover expressões artísticas, incutir novos hábitos culturais e mostrar diferentes culturas, em especial aos novos estudantes.

19 Setembro - quinta feira,
Guimarães, Largo de Donães

18H00 – Sarau Cultural pelos Grupos Académicos da UMinho
22H00 – Concerto de Captain Boy
23H00 – Concerto de Paraguaii
00H00 – After Party nos bares do centro histórico de Guimarães

Braga, Salão Medieval da Reitoria da Uminho
22H00 – Concerto pela Orquestra da UMinho

20 Setembro - sexta feira,
Braga, Largo do Paço

18H00 – Ensemble de Percussão da UMinho, pelo Instituto Confúcio da UMinho
19H00 – Sarau Cultural pelos Grupos Académicos da UMinho
22H15 – Concerto de Bed Legs
23H15 – Concerto de Marta Ren & the Groovelvets
0H00 - After Party no Café-concerto da RUM no gnration

Igreja de São Francisco, Guimarães
22H00 – Concerto pela Orquestra da UMinho

21 Setembro - Sábado,
Braga, Largo do Paço

18H00 – Livros Com RUM – A literatura e os autores ao vivo – Salão Nobre
22H15 – Concerto de QUADRA
23H15 – Concerto de X-Wife
00H00 - After Party no Café-Concerto da RUM no gnration


O Festival de Outono da UMinho tem o apoio dos municípios de Braga e de Guimarães, do Instituto Confúcio da UMinho e da Ordem Terceira de São Francisco. Ao longo das edições anteriores apresentou cerca de 200 atividades, associando a criação contemporânea com o património artístico-cultural da UMinho e das associações e cidades onde está implantada. Entre os artistas, participaram nomes como o sírio Omar Souleyman, a ativista sahariana Aziza Brahim, o sul-africano Derek Gripper, os afro-peruanos Crocodilo Criollo ou os portugueses Márcia, Best Youth, Benjamim e Sequin, permitindo novos olhares e diálogos multidisciplinares.

Entrada livre.


GOSTAS DO BBN?